Apr 29, 2008

castanho, ruivo, platinado, às manchas



o meu cabelo nos últimos dias.
o drama capilar pelo qual passei ou a mania de inventar, quando devia estar muito sossegada.

o meu cabelo, já de si um tufo encaracolado meio juba meio choque eléctrico, indomável, rebelde, que me dá um ar desgrenhado, já foi de várias cores, sempre nos tons loiros, mas espaçados no tempo, NÃO NUMA SEMANA!

há cerca de 2 anos decidi que "nunquinha" mais eu faria madeixas (ou nuances ou pintar), agora iria ser uma feliz cabeça de tom natural.
e de há uns tempos para cá eu estava feliz com o amarfanhado de cabelos castanhos que me emolduram o rosto.
estava...
porque depois do parto, os meus cabelos decidiram não mais viver na minha cabeça, e assim começou a fuga da minha farta cabeleira.
caiu, caiu, caiu... a preguiça faz-me coleccionar ampolas capilares que não vão estar noutro sítio senão na caixa, na casa de banho, até ao dia que forem para o lixo.
para além de uns fiozinhos brancos que começaram a criar raízes cada vez mais fortes ao pé das orelhas.

então uma bela manhã achei que estava na hora de voltar às toucas e pratas, às tintas e descolorantes, e lá fui eu ao cabeleireiro.
ao último salão (adoro este nome pomposo) onde deveria ter ido, mas fui.
e nem o facto de a "designer de cabelos" ser estrangeira e não perceber metade do que eu disse me demoveu.

a meio do processo eu devia ter desconfiado quando a gentil nórdica fez uma careta ao espreitar para dentro das pratas, mas já estava e eu atrasadíssima só me queria despachar.
quando terminou eu estava RUIVA!
(eu pedi loiro, assim só uns fiozinhos, como se tivesse sido o sol, mais para as pontas...)

aguentei uma noite.
de cada vez que me via ao espelho, parecia que tinha uma touca alaranjada agarrada ao meu couro cabeludo.

de manhã fui a outro cabeleireiro.
um de bairro, tradicional, onde até há uma rica cadeira que faz massagens, pedir que me salvassem do pesadelo em que me encontrava.
muitos ahs de espanto depois (parece que a nórdica me encheu de manchas disformes em vez de madeixas bem feitinhas) lá deram início a mais uma sessão de pratas.

quando terminou eu estava LOIRA PLATINADA!
(eu pedi, que por favor me escurecessem o cabelo e me fizessem só uns fiozinhos, como se tivesse sido o sol, mais para as pontas...)

aguentei uma noite.
de cada vez que me via ao espelho, parecia que tinha posto a cabeça na lixívia.

na manhã seguinte fui ao mesmo cabeleireiro pedir que fizessem, POR AMOR DA SANTA, umas quantas nuances castanhas para disfarçar... eu juro que até na creche da R. me olharam de lado quando me viram "BLONDIE".
lá me fizeram o que pedi.

quando terminou eu estava 3 MADEIXAS MENOS LOIRA PLATINADA!
(as cabeleireiras não entendem que possa existir alguém no mundo que queira fazer nuances castanhas, não dá, para as suas cabecinhas amadeixadas só existe um tom de madeixas para um cabelo do tom do meu, loiras)

aguentei dias.
até porque com tanta ida ao cabeleireiro, o meu cabelo andou disfarçado de liso.
o pior foi quando o lavei e já não tive paciência para o esticar.
e logo num dia em que fui passear ao Guincho!
em dia de vento, no Guinho, a minha trunfa à solta!
loira platinada e 3 madeixas mais escuras, caracóis indefinidos num emaranhado cheio de volume, no Guincho, em dia de vento!
e lá fui eu a outro cabeleireiro, este dos mais conhecidos de Lisboa, a estação de serviço dos cabelos, onde eu já ía com a minha mãe em criança, e que merece um post por si só.
expliquei a odisseia de tons, e lá tentaram resolver.
resolveram, está um bocadinho melhor, o tom mais escuro, mas ainda com madeixas claras, assim numa espécie de "tigress", porque se se olhar bem tenho cabelos castanhos, ruivos, loiros, laranja, ah e 2 madeixas já muito palidamente rosas (sim da primeira vez cometi a loucura de as fazer... sem explicação).

se eu tivesse muita coragem, rapava.
se eu tivesse coragem cortava "à rapaz"
se eu jurasse esticar para sempre o cabelo, cortava pelas orelhas.
por agora vou aguentar.

(e ler este post da próxima vez que me passar pela cabeça ir ao cabeleireiro)

notas finais:
- eu nem gosto de ir ao cabeleireiro, 5 minutos depois de lá estar farto-me, arrependo-me sempre, mas não aprendo.
- a fotografia que ilustra o post foi tirada na esperança de "eu não estou a ver bem e se calhar não está assim tão mal", mas esticadinho e penteado é outra coisa e a foto não é assim tão realista.





8 comments:

Charlotte said...

É muito aborrecido quando não fazem como queremos e decidem critérios diferentes! Tb sempre usei madeixas clarinhas, mas qd engravidei decidi deixar crescer o meu tom natural... mas se queres q te diga tb já tou fartinha de estar de cabelo todo castanho:( as madeixas dão vida ao cabelo e dão por si um ar moderno;)
(A foto)Descansa, que o tom final está bonito!
Beijinhos*

Butterflyfairy said...

LOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL!!!
Maluca!!!!!!!!!!!!
Só me fazes rir (eheheheh). Sempre ficáste linda com madeixas.
Vou deixar uma no flickr para te lembrares.
Não tiveste sorte?! Cabelo mudou?!
Eu dava uma tareia na cabeleireira!!!loooooooooool

Sílvia said...

O que eu me ri com as tuas aventuras nas maos dessas cabeleireiras. Eu tive uma parecida, fui tres vezes ao mesmo sitio (burra) para me resolverem um problema desses, tambem logo apos o parto (sera que nos afecta a moleirinha?)e acabaram por me queimar o cabelo de tal maneira que tive de cortar mesmo muito. Gostei dos tons. Pinto de ruivo ha muitos anos, queria mudar para tons louros, mas todos os cabeleireiros dizem ser impossivel mudar de um tom para o outro. Nao insisto ;))

Sofia said...

Pois... as loucuras que fazemos com o nosso cabelo! Olha..agora o melhor é esperares um tempinho antes de fazer o que quer que seja, senão não tarda muito tens mesmo que cortar..
Hilariante o episódio, mas imagino o stress.

Sonia&Mi said...

Que aventura!
Eu passava-me!

Oficinas RANHA said...

Eu fiz duas vezes madeixas ou nuances ou o que raio era... nã... para mim cortadinho à rapaz, sem que seja necessário ter muita coragem. Coragem seria se o deixasse crescer.
Beijinhos da Ana Cristina

Sofia Quintela said...

Ai...pareces euzinha!!!! Nunca fico satisfeita, nunca percebem nada do que eu quero, não tenho cabelo de jeito para fazer nada!!!! enfim... nao te preocupes com isso, daqui a dois ou tres meses poes-lhe um castanho por cima e já está!!!

agora encontro-me por aqui:
http://ameiodemim.blogs.sapo.pt/

IHR said...

Trabalhe com a IHR - IDEAL HOME RANGE PORTUGAL
Venha visitar-nos em www.ihrportugal.com e exponha ou VENDA os seus trabalhos no nosso site.
CONVIDE OS SEUS AMIGOS!
ihrportugal@gmail.com
www.ihrportugal.com
ADIRA Á INDUSTRIA DO ENCANTO COM OS NOSSOS GUARDANAPOS!!!

 
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.